Skip to Content

UNI realiza comemoração do Dia do Islã

Copyright © 2012 Icarabe.org

A festa de comemoração do dia do Islã começou com a apresentação da Surata de abertura realizada pelo grupo Shabab El Islam de São Bernardo do Campo. Em seguida, foi feita uma menção a ex-deputada Haifa Madi que instituiu a data em calendário legislativo. Foi cedida palavra ao presidente do Conselho dos Teólogos e Diretor de Assuntos Islâmicos da Fambras, Sheikh Khaled Taky El Din, que salientou a importância da criação desta data para a comunidade. El Din também pediu o fortalecimento das entidades na divulgação do Islã.

O Sheikh Rami El Zammar também participou com a sua palavra. O Sheikh falou sobre a evolução da Primavera Árabe e sobre a importância do Islã em qualquer levante popular. Rami também pediu apoio ao povo sírio para que possam reafirmar a sua luta contra o regime ditatorial de Bashar Al Assad.

A figura do Arcebispo de São Paulo, Dom Odílo Scherer foi representada pelo padre José Bizon que frisou a importância da convivência pacífica entre todas as religiões do país, que professam a paz e o amor ao próximo.

O evento seguiu com a apresentação das crianças e adolescentes muçulmanos da Escola 24 de Março, de Santo Amaro, que recitaram Suras do Alcorão Sagrado. Também houve a apresentação de um vídeo de 2009 produzido pela Igreja Batista e que mostra o crescimento da crença islâmica em todo o mundo.

A UNI aproveitou a ocasião para prestar uma homenagem àqueles que trabalham pelo Islã.

Por seus discursos em plenário contra a revista Veja e pela política em defesa da comunidade islâmica, o deputado Protógenes Queiroz foi homenageado e agradeceu a honraria citando a  importância da população árabe na construção de um país como Brasil. O deputado também falou sobre a malfadada matéria publicada pela revista Veja, a qual o deputado chamou de “detritos sólidos de maré baixa”.

O reitor da Universidade de Campinas (UNICAMP) Mohamed Habib, vice- presidente do ICArabe, que também foi homenageado, lembrou os 64 anos da Nakba palestina. Segundo Habib, “é imprescindível que não nos esqueçamos de que a violência e os abusos sofridos pelos líbios e sírios nos dias de hoje são os mesmos sofridos pelos palestinos há 64 anos”. Habib também propôs uma reflexão sobre o movimento imigratório dos árabes pelo mundo. O professor Feres Fares, outro homenageado da noite, citou a importância da crença em Allah e do princípio da fé citada no Alcorão Sagrado. “Se o mundo todo se juntasse para fazer mal há um único ser, esse não seria possível sem o consentimento de Allah, por isso é tão importante termos em nossas vidas a prática do Islã”.

Soraya Khaznadar agradeceu o convite e dedicou a homenagem a sua companheira falecida Amina Smile. O advogado da UNI, Adib Abdouni, Samir El Hayek, tradutor do Alcorão Sagrado, e o Sheikh Mohamad Umama, diretor do departamento de língua árabe da Escola Islâmica Brasileira também receberam a homenagem. Também foi homenageado, Alex Attard da secretária da Wamy. O evento terminou com mais uma apresentação do grupo Shabab El Islam, e com um coquetel que foi oferecido aos presentes.

Compartilhe e divulgue!
Redação da União Nacional das Entidades Islâmicas

Comentários

Comentar